DAILY BIBLE READING
Read today's >

A INTENÇÃO DE DEUS...AGORA!

A Sua intenção é “que agora, mediante a Ekklesia” por meio de um Organismo real e não um monte de pessoas freqüentando algum lugar, mas vidas que são interligadas, “confessando pecados um para outro” “carregando as cargas uns dos outros” e “amando um ao outro”. É esse tipo de vida que pessoas podem enxergar. E é a esse tipo de vida que Jesus estava se referindo quando Ele falou que é pelo “amor que tem um para outro” que “todos saberão” que isso vem do céu (João 13).

7/5/2006

Eu assisti um documentário uma vez sobre Albert Einstein. Na introdução havia uma frase que dizia algo assim: “Uma vez em um longo, longo, longo, período, aparece um homem que vê o universo com olhos diferentes e muda o universo em que vive.” Queremos colocar esse desafio diante de você. Seja o tipo de pessoa que Vê o universo, não por olhos naturais, mas por olhos Espirituais. Aceite o desafio de ser uma daquelas pessoas que Hebreus 11 menciona. Veja a visão de Deus de uma habitação para Deus pelo espírito com glória cada vez maior. Imagine com os olhos do coração, assim como diz que os cristãos no livro de Hebreus capítulo 11 visualizaram. Eles enxergaram a Cidade cujo Arquiteto e Edificador é Deus e então não ficaram satisfeitos com mais nada. Não estavam dispostos a voltar para a cidade velha. Viram o Plano Celestial a distancia e mesmo se não conseguissem apreender isso com suas próprias mãos, mesmo se não conseguissem ainda viver naquela Cidade que Deus havia destinado para eles, eles não queriam retroceder. “Por essa razão Deus não se envergonha de ser chamado o Deus deles e eles Seu povo.”

Esse mesmo desafio está diante de você e de mim. Dê uma olhada no mundo ao seu redor, no universo que você se encontra, e especialmente na “igreja” que você se encontra e tenha um zelo que o consome para a Casa do Pai. Deixe o Seu Zelo consumir você de tal maneira que você estaria disposto a ariscar tudo em sua vida para ver isso se cumprir no seu meio. Você arriscaria a sua vida. Você arriscaria a sua família (Salmo 69:8-9). Você arriscaria o seu trabalho. Você arriscaria qualquer coisa para Deus e Seus propósitos. Isso precisa ser o cerne do nosso ser. Biblicamente falando, só existe esse tipo de Cristianismo. Esse pensamento ou idéia não é muito estimado, mas em Romanos 4 diz: “Aqueles com a fé de Abraão são filhos de Abraão”.

Então qualquer que seja a situação ou igreja em que você se encontra e onde quer que você esteja (seja qual for o país ou lugar que você tenha ou diz ser seu lar agora), você precisa ter muito, muito cuidado para não aceitar algo que Deus não aceita. Não aceite algo por preguiça, ignorância da Palavra de Deus ou por falta de visão ou pecado em sua própria vida que o cegou ou deixou aleijado de tal maneira que se sente inadequado. Não deixe aqueles que estão conformados com Laodicéia chantageá-lo ou intimidá-lo para que aceite a mornidão.

Talvez você acredite que é somente “leigo” e não tenha nada a oferecer. Talvez você pense que a sua opinião não importa muito porque há tantas pessoas por aí que são sábias e mais estudadas, então pensa: “Quem sou eu para discordar?” Só quero encorajar você porque não importa quem você seja, você tem algo a oferecer. Se você já invocou o nome do Senhor e pediu a Ele para controlar sua vida, você tem algo a oferecer. Se você já pediu a Ele para lavar os seus pecados, você tem algo a oferecer. O Desejo Dele é que, do menor até o maior, todo homem possa conhecê-LO, viver nos Seus conselhos e ter comunhão com Ele, em toda Sua Plenitude, diariamente.

Uma vez em um período muito, muito grande aparece um homem, ou um povo, que está disposto a questionar o universo ao seu redor e mudar o mundo em que vive. Hebreus 11 é sobre isso. É para isso que Deus chamou cada um de nós a ser se tivermos a coragem e a disposição, e se estamos em comunhão com a cabeça. Permaneça nEle e terá muito fruto como resultado. Você pode ser a pessoa que faz a diferença no mundo em que você vive.

Espero que tenhamos esclarecido pelo menos um equívoco que tem permeado a sociedade Cristã, a de pensar que se tornar um Cristão é o final da história e então que “freqüentar a igreja de sua escolha no domingo” é a subsistência até Jesus voltar e você ir para o Céu. Quero exterminar totalmente esse pensamento porque não é o pensamento de Deus. Deus chama esse conceito de religião falso e Laodicéia, a qual O deixa a ponto de vomitar.

“A intenção dessa graça era que agora, mediante a igreja, a multiforme sabedoria de Deus se tornasse conhecida dos poderes e autoridades nas regiões celestiais.” Efésios 3:10

Essa é a intenção de Deus AGORA MESMO! A Sua vontade é de tornar conhecida a Sua multiforme sabedoria mediante a Igreja. Não por meio de indivíduos que são salvos, e não por meio de uma sociedade impotente de pessoas que se reúnem num dia programado durante a semana de terno e gravata... mas mediante o tecido da vida, mediante uma comunidade de pessoas que crêem que são “unidos e ligados pelo auxílio de todas as juntas” por pessoas que os dons são tão interligados que “são membros um do outro”. Compactados, “um só coração, uma só mente, de um acordo e um só propósito”. Esforce-se para essa visão encontrada em Atos de crentes que não eram possessivos de possessões, unidos”dedicados ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações”, e “diariamente nos lugares públicos e de casa em casa”. Veja com novos olhos o Povo de Deus como um organismounificado, constituído de um tecido de Vida contra o qual as portas do inferno não consigam prevalecer. Religião baseada em “freqüência” é aceitável para os hindus ou muçulmanos, mas não é o que Jesus começou e ordenou.

A Sua intenção é “que agora, mediante a Ekklesia” por meio de um Organismo real e não um monte de pessoas freqüentando algum lugar, mas vidas que são interligadas, “confessando pecados um para outro” “carregando as cargas uns dos outros” e “amando um ao outro”. É esse tipo de vida que pessoas podem enxergar. E é a esse tipo de vida que Jesus estava se referindo quando Ele falou que é pelo “amor que tem um para outro” que “todos saberão” que isso vem do céu (João 13). Ele disse que isso iria “despojar os poderes e as autoridades”. A intenção de Deus é agora “mediante a Igreja” humilhar publicamente satanás e todos os poderes e as autoridades. E Sua intenção, de acordo com as escrituras, é “AGORA” mediante a igreja para pôr os seus inimigos debaixo de Seus pés, não somente na Sua segunda vinda e no supremo Reino Eterno, a obra completa de Deus, mas AGORA.

E, com certeza, não estamos falando de utopia. E não estamos falando sobre uma reforma social, não uma idéia pós-milênio, e não “teologia do domínio”. Não sobre um show de poder, mas uma cruz... Estamos falando sobre um Povo expressando Vida junto da mesma forma que Jesus expressou a vida dEle, como Rei dos reis. Ele nasceu um filho bastardo numa manjedoura, andou num burrinho emprestado, e praticamente não teve bens própriosnão teve poder, nem educação, nem plataforma política nem mesmo “qualquer beleza ou majestade que nos atraísse a Ele”. Estamos falando sobre ser alguém que ama as pessoas onde estão, que pode enxergar o coração do homem e os levarem até a cruz. É sobre mostrar às pessoas o escândalo da existência e da vida dEle, e chamá-las para serem pescadores de homens. Para fazer parte da Sua Casa, Sua “moradia”. Para se tornarem pedras vivas. “Antes nem sequer eram um povo, mas agora são o povo de Deus.” Esse é o desejo do coração de Deus.

Receba Jesus de Nazaré, com um Reino “não desse mundo”, não como conquistador de Roma ou de qualquer país que moramos, ou do sistema “religioso”. Receba Ele simplesmente como o Rei Carpinteiro que amava, perdoava e deu Sua própria Vida... e que está disposto a virar mesas no templo e a fazer um chicote se for necessário pelo amor por Seu Pai e pela Casa dEle.

Jesus estava disposto a enxergar o universo em que Ele morava com outros olhos e por meio disso Mudá-lo, e Ele nos chama para ser esse mesmo tipo de pessoa. Isso não é transmissão de informação. É um chamado para santidade, e consagração aos propósitos de Deus e um chamado para levantar a visão dEle nos seus corações e suas vidas. Dobre seus joelhos e ore. É um chamado não somente para mudar o universo visível, mas também o universo invisível. “A Sua intenção é que agora mediante a Igreja, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida dos poderes e autoridades” e para todos os povos...

Então deixe a brasa viva purificar seus lábios e seu coração, olhe para Deus e clame: “Eis-me aqui, Envia-me!”

<<<
aosseuspes.com
Portugues Languages icon
 Share icon